Política

Após anunciar saída há uma semana, Regina Duarte segue secretária de Cultura

Bolsonaro e Regina anunciaram que ela seria transferida para o comando da Cinemateca

[Após anunciar saída há uma semana, Regina Duarte segue secretária de Cultura]
Foto : Antônio Cruz / Agência Brasil

Por Luciana Freire no dia 29 de Maio de 2020 ⋅ 18:40

Uma semana após anunciar que estava de saída do comando da Cultura, Regina Duarte, ainda não foi exonerada do ministério de Jair Bolsonaro. Até o final da tarde de hoje (28) o ato que desvincula a atriz do cargo de comando não foi publicado no Diário Oficial da União (DOU). A informação foi publicada pelo site UOL.

Bolsonaro e Regina anunciaram no dia 20 que ela seria transferida para o comando da Cinemateca, em São Paulo. Segundo a agenda pública da secretaria, nesta semana ela teve ao menos quatro atividades de despachos internos da pasta.

A atriz sofreu desgaste na pasta no tempo em que permaneceu na função. Ela não tinha apoio entre a classe artística e foi criticada quando, em entrevista à CNN Brasil, relativizou a tortura e minimizou mortes ocorridas durante a ditadura militar. Nos bastidores, o cargo na Cinemateca foi visto como uma saída honrosa para Regina.

Notícias relacionadas