Política

MPF conclui que Adélio agiu sozinho em ataque a Bolsonaro

O órgão se manifestou hoje (4) pelo arquivamento provisório do segundo inquérito que apura o caso

[MPF conclui que Adélio agiu sozinho em ataque a Bolsonaro]
Foto : Reprodução

Por João Brandão no dia 04 de Junho de 2020 ⋅ 16:00

O Ministério Público Federal (MPF) em Juiz de Fora concluiu que Adélio Bispo de Oliveira agiu sozinho no ataque contra o então candidato à presidência da República Jair Bolsonaro. 

O órgão se manifestou hoje (4) pelo arquivamento provisório do segundo inquérito que apura o caso.

A decisão de arquivamento ocorre após a conclusão do relatório parcial da Polícia Federal em maio, quando o segundo inquérito apontou que Adélio "agiu sozinho, por iniciativa própria e sem ajuda de terceiros, tendo sido responsável tanto pelo planejamento da ação criminosa quanto por sua execução."

Notícias relacionadas