Política

Governo prorroga decreto para proteção da Amazônia por mais um mês

Decreto que agora vai se estender até o dia 10 de julho não faz menção ao combate aos garimpos ilegais na Amazônia

[Governo prorroga decreto para proteção da Amazônia por mais um mês]
Foto : Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Luciana Freire no dia 11 de Junho de 2020 ⋅ 11:30

O presidente Jair Bolsonaro prorrogou ontem (10) por mais um mês a chamada Garantia da Lei e da Ordem (GLO) que autoriza aos militares realizar ações contra delitos ambientais, direcionadas ao desmatamento ilegal e combate a focos de incêndio na Amazônia Legal.

O decreto vai se estender até o dia 10 de julho, mas não faz menção ao combate aos garimpos ilegais na Amazônia.

A GLO prevê o  emprego das Forças Armadas na faixa de fronteira, nas terras indígenas, nas unidades federais de conservação ambiental e em outras áreas federais nos Estados da Amazônia Legal.

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) informou na última terça (9) que a área desmatada na Amazônia entre agosto de 2018 e julho de 2019 teve um aumento de 34,4% em relação ao período anterior. É a maior área desmatada desde 2008.

 

Leia mais:

Desmatamento torna 'cada vez mais difícil' acordo UE-Mercosul, diz embaixador alemão

 

Notícias relacionadas