Sábado, 27 de novembro de 2021

Política

General Ramos diz que militares não darão golpe se ‘o outro lado não esticar a corda’

Ministro afirmou ser ‘ultrajante e ofensivo’ dizer que as Forças Armadas vão ‘quebrar o regime democrático’

General Ramos diz que militares não darão golpe se ‘o outro lado não esticar a corda’

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Por: Lara Curcino no dia 12 de junho de 2020 às 11:56

O ministro-chefe da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, afirmou que os militares não vão dar um golpe, desde que “o outro lado não estique a corda”. 

“É ultrajante e ofensivo dizer que as Forças Armadas, em particular o Exército, vão dar golpe, que as Forças Armadas vão quebrar o regime democrático. O próprio presidente [Jair Bolsonaro] nunca pregou o golpe. Agora o outro lado tem de entender também o seguinte: não estica a corda”, disse ele, em entrevista à Veja.  

De acordo com o general Ramos, “esticar a corda” seria comparar o bolsonarismo ao nazismo, como já fizeram os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello e Gilmar Mendes. O segundo seria “achar que um julgamento casuístico pode tirar um presidente que foi eleito com 57 milhões de votos”. 

General Ramos diz que militares não darão golpe se ‘o outro lado não esticar a corda’ - Metro 1