Política

MEC revoga portaria de inclusão de negros, indígenas e deficientes em cursos de pós-graduação

Texto também previa a criação de comissões para discutir e aperfeiçoar ações de inclusão nas Instituições Federais de Ensino Superior

[MEC revoga portaria de inclusão de negros, indígenas e deficientes em cursos de pós-graduação]
Foto : Gabriel Jabur / MEC

Por Juliana Rodrigues no dia 18 de Junho de 2020 ⋅ 14:40

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, revogou hoje (18) uma portaria publicada em maio de 2016, que exigia que as Universidades Federais promovessem políticas de cotas para negros (pretos e pardos), indígenas e pessoas com deficiência em programas de pós-graduação. A revogação foi publicada no Diário Oficial da União.

O texto também previa a criação de comissões para discutir e aperfeiçoar ações de inclusão nas Instituições Federais de Ensino Superior. Além disso, a portaria estabelecia que o Ministério da Educação, por meio de um grupo de trabalho, monitoraria as ações propostas no documento.

Notícias relacionadas