Política

Bolsonaro é aconselhado substituir ministros do Meio Ambiente e das Relações Exteriores

Salles e Ernesto Araújo são considerados problemáticos e vistos como entraves para o avanço de acordos comerciais internacionais

[Bolsonaro é aconselhado substituir ministros do Meio Ambiente e das Relações Exteriores]
Foto : Isac Nóbrega/PR

Por Luciana Freire no dia 30 de Junho de 2020 ⋅ 08:00

O presidente Jair Bolsonaro tem sido aconselhado por auxiliares e parlamentares a ampliar sua “agenda positiva” na relação com outros Poderes e substituir os ministros do Meio Ambiente Ricardo Salles e das Relações Exteriores Ernesto Araújo. A informação foi divulgada pelo jornal O Estado de S.Paulo.

Segundo a reportagem ambos contam com o apreço do presidente e do núcleo ideológico, porém são considerados problemáticos e vistos como entraves para o avanço de acordos comerciais internacionais.

A condução da política ambiental de Salles é apontada como um empecilho para acordos comerciais bilaterais e, até mesmo, para que o País receba investimentos externos. Já Ernesto Araújo, alinhado a Olavo de Carvalho, o motivo é a necessidade de alguém mais pragmático à frente do Itamaraty.

Em uma reunião no gabinete da Vice-Presidência ontem (29) o governo discutiu a estratégia de reação às cobranças internacionais.

Parlamentares se queixam sobre a atuação de Salles e Araújo, enquanto isso, a Câmara tenta acelerar a votação de projetos ambientais, diante de críticas internacionais sobre a gestão do setor no governo brasileiro.

Notícias relacionadas

[Maia: ‘Impeachment aprofundaria crise que passamos’]
Política

Maia: ‘Impeachment aprofundaria crise que passamos’

Por Alexandre Galvão e Matheus Simoni no dia 14 de Julho de 2020 ⋅ 08:53 em Política

Em entrevista à Rádio Metrópole, presidente da Câmara ainda afirmou que o gabinete do ódio tem um comando internacional