Política

Lula defende fala de Gilmar sobre associação de militares a 'genocídio'

Em live com petroleiros, ex-presidente avaliou que o general Eduardo Pazuello não entende de saúde

[Lula defende fala de Gilmar sobre associação de militares a 'genocídio']
Foto : Reprodução

Por Metro1 no dia 16 de Julho de 2020 ⋅ 10:00

Durante live com representantes da Federação Única dos Petroleiros (FUP), o ex-presidente Lula defendeu a fala do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes sobre o Exército. A informação é da coluna de Mônica Bergamo, na Folha.

Lula disse que não era contra militares em cargos públicos, mas avaliou que o general Eduardo Pazuello não entende de saúde. O ex-presidente acrescentou que “os militares ainda ficaram bravos com o ministro Gilmar Mendes” quando ele disse que estavam se associando a um genocídio.

“O Gilmar está certo. Ele não culpou o Exército”, mas sim o fato de as Forças Armadas não cobrarem um “comportamento adequado do presidente”, disse Lula.

Notícias relacionadas