Política

Lula diz ser contra isenção de impostos para igrejas: “Conta não pode ficar nas costas do povo”

Bolsonaro vetou a anistia às dívidas das entidades religiosas, mas estimulou deputados e senadores a derrubarem seu próprio veto.

[Lula diz ser contra isenção de impostos para igrejas: “Conta não pode ficar nas costas do povo”]
Foto : Paulo Pinto/FotosPublicas

Por Geovana Oliveira no dia 15 de Setembro de 2020 ⋅ 20:30

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje (15), no Twitter, que é contra a isenção de impostos para igrejas porque “a conta não pode ficar nas costas do povo”. 

“Eu sou contra isenção de impostos pra Igreja Católica, evangélica, ou qualquer que seja. Porque, no Brasil, quem paga imposto é o povo pobre. As igrejas tem canal de televisão, tem rádio, a conta não pode ficar nas costas do povo”, afirmou Lula.

O presidente Jair Bolsonaro confirmou ontem, em publicação no Diário Oficial da União (DOU), o veto parcial ao projeto que determinava o perdão de dívidas de igrejas com a Receita Federal, sob a justificativa de cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal, mas estimulou os deputados e senadores a derrubarem seu próprio veto. 

O perdão estabelecido no projeto isenta templos religiosos da Contribuição Sobre o Lucro Líquido (CSLL). A proposta poderia gerar um impacto de R$ 1 bilhão aos cofres públicos.

Notícias relacionadas

[PF deflagra 75ª fase da Lava Jato ]
Política

PF deflagra 75ª fase da Lava Jato 

Por Metro1 no dia 23 de Setembro de 2020 ⋅ 08:00 em Política

Os fatos vieram à tona, ainda conforme a PF, após depoimentos de colaboração premiada de lobistas