Política

Alerj aprova continuidade de impeachment de Witzel e autoriza processo por crime de responsabilidade

Votação ocorreu nesta quarta e decisão entre deputados foi unânime

[Alerj aprova continuidade de impeachment de Witzel e autoriza processo por crime de responsabilidade]
Foto : Reprodução/TV Globo

Por Lara Curcino no dia 24 de Setembro de 2020 ⋅ 07:20

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou ontem (23), por unanimidade, a continuidade do processo de impeachment contra o governador afastado Wilson Witzel. Os deputados também aprovaram o projeto que autoriza abertura de um processo de crime de responsabilidade contra o gestor estadual.

O caso em que Witzel é investigado envolve fraudes em contratos com empresas na área da Saúde, durante a pandemia de coronavírus, mas também anterior a este período. De acordo com o Ministério Público Federal, foi identificada a “sofisticada organização criminosa, composta por pelo menos três grupos de poder”, chefiada pelo governador afastado. 

Agora, o caso vai para um Tribunal Misto formado por cinco deputados e cinco desembargadores do Tribunal de Justiça, onde o processo será julgado. Em um primeiro momento, será definido se Witzel deve continuar afastado do cargo. Posteriormente, a pauta será se ele cometeu crime de responsabilidade e se deve perder os direitos políticos.

Notícias relacionadas