Política

Governo e Câmara não chegam a acordo sobre reforma tributária

Declaração foi dada horas depois de o líder do governo no Congresso, senador Eduardo Gomes (MDB-TO), confirmar a criação de um imposto sobre transações de 0,2%

[Governo e Câmara não chegam a acordo sobre reforma tributária]
Foto : Najara Araújo/Agência Câmara

Por Matheus Simoni no dia 28 de Setembro de 2020 ⋅ 14:57

O líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), afirmou que os líderes partidários não chegaram a um acordo sobre o texto da reforma tributária. Ele fez um pronunciamento sobre o tema após uma reunião na manhã de hoje (28). Segundo ele, os parlamentares estão buscando um “texto possível” com o governo e a equipe econômica. A declaração foi dada horas depois de o líder do governo no Congresso, senador Eduardo Gomes (MDB-TO), confirmar a criação de um imposto sobre transações de 0,2%. No entanto, ainda não há consenso sobre o tema. 

Barros disse ainda que o novo programa social do governo, chamado Renda Cidadã, será apresentado para atender aos brasileiros que ficarão sem recursos a partir do fim do auxílio emergencial. “O ministro Paulo Guedes dá a posição da economia, os ministros Ramos e Braga Netto formam a posição do governo, o presidente Bolsonaro valida, e os líderes são consultados. Depois de todas essas etapas, nesse momento, teremos a apresentação do Renda Cidadã”, explicou Barros. 

Notícias relacionadas