Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Saúde

Anvisa decide retirar exigência de estudo em fase 3 para vacina contra Covid-19

Medida abre caminho para aprovação de imunizantes no país, como a Sputnik V

[Anvisa decide retirar exigência de estudo em fase 3 para vacina contra Covid-19]
Foto : Divulgação

Por Matheus Simoni no dia 03 de Fevereiro de 2021 ⋅ 12:51


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou que irá modificar os requisitos mínimos para pedidos de uso emergencial de vacinas para Covid-19. A medida já passa a valer nesta quarta-feira (3). A partir da mudança no texto, a Anvisa não fará mais a exigência de que a vacina esteja com testes na fase 3 sendo realizados no Brasil.

Com a queda da exigência, a utilização dos imunizantes em solo brasileiro pode ser acelerada. O critério era considerado um empecilho para a União Química, farmacêutica que pediu a liberação provisória da vacina russa Sputnik V no país.

No entanto, a mudança não retira a exigência de apresentação de outros documentos pendentes pelo laboratório, mas elimina uma barreira para a aprovação do imunizante desenvolvido na Rússia. 

Notícias relacionadas