METROPOLE

Terça-feira, 11 de maio de 2021

Saúde

Bolsonaro admite possibilidade da ineficácia da cloroquina no combate à Covid-19

"Pelo menos eu não matei ninguém", disse o presidente

Bolsonaro admite possibilidade da ineficácia da cloroquina no combate à Covid-19

Foto: Carolina Antunes/PR

Por: Adele Robichez no dia 05 de fevereiro de 2021 às 08:20

O presidente da república Jair Bolsonaro (sem partido) admitiu, em uma live realizada na noite de ontem (4), que a cloroquina pode não ter eficácia no tratamento do coronavírus. Ele já recomendou diversas vezes, durante a pandemia, a utilização deste e outros medicamentos mesmo sem comprovação científica de funcionamento no combate à doença.

"Pode ser que lá na frente fique comprovado que o uso [da cloroquina] seja zero. Tudo bem. Paciência. Me desculpa. Tchau. Pelo menos eu não matei ninguém", disse o chefe de Estado.

O dirigente orientou o uso da cloroquina para tratar a Covid-19 diversas vezes anteriormente. Em outra live, feita no dia 10 de dezembro do ano passado, ele afirmou que uma série de remédios para outros fins teriam efeito em relação com a doença. “Tem que se evitar o entubamento da pessoa. E como se evita? Numa primeira fase, é a tal da hidroxicloroquina, invermictina, annita, vitamina D, entre outras coisas".

Ainda orientou consulta com profissionais que seguissem a sua recomendação. "Quando o médico fala que não, você tem o direito de procurar outro. E ponto final".

TV METRO

Entrevistas

Rodrigo Maia

Em 10 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Bolsonaro admite possibilidade da ineficácia da cloroquina no combate à Covid-19 - Metro 1