Quarta-feira, 01 de dezembro de 2021

Saúde

Enfrentando pior momento da pandemia, Brasil completa um ano do primeiro caso confirmado da Covid-19

Ontem (24) a nação registrou o recorde de média móvel de mortes, 1.127, sendo o 35º dia seguido com esse índice maior do que 1 mil e alcançou a marca de 250 mil mortes pela doença

Enfrentando pior momento da pandemia, Brasil completa um ano do primeiro caso confirmado da Covid-19

Foto: Educação Bahia

Por: Adele Robichez no dia 25 de fevereiro de 2021 às 08:00

O Brasil completa hoje (25) um ano do primeiro caso registrado da Covid-19. O país agora enfrenta o pior momento da pandemia, com um grande aumento de infecções e novas cepas circulando.

Ontem (24) a nação registrou o recorde de média móvel de mortes, 1.127, sendo o 35º dia seguido com esse índice maior do que 1 mil. Além disso, foi o dia em que o país alcançou a marca de 250 mil mortes pelo coronavírus.

Até então, há duas vacinas contra a doença no país: a Coronavac, do Instituto Butantan, e o imunizante de Oxford/AstraZeneca, da Fiocruz. Nesta semana, a Anvisa autorizou o registro da vacina da Pfizer, mas ainda não há nenhum acordo para a aquisição de doses do imunizante por parte do governo federal, pois ele não concorda com cláusulas do contrato da farmacêutica. Doses do imunizante foram recusados a partir do segundo semestre do ano passado.

Até ontem (24), o Brasil aplicou 7,6 milhões de doses (primeiras e segundas), o que representa 3,8% da população adulta. Algumas capitais brasileiras tiveram que interromper a imunização porque as vacinas acabaram. É o caso de Salvador, que está desde o dia 16 de fevereiro com a imunização suspensa.

Enfrentando pior momento da pandemia, Brasil completa um ano do primeiro caso confirmado da Covid-19 - Metro 1