Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Saúde

Brasil deve ter 14 milhões de doses da Pfizer até junho, diz assessor de Pazuello

Segundo Airton Soligo, negociação avançou para a chegada de mais cinco milhões de doses

[Brasil deve ter 14 milhões de doses da Pfizer até junho, diz assessor de Pazuello]
Foto : Reprodução

Por Juliana Rodrigues no dia 08 de Março de 2021 ⋅ 13:20

O assessor especial do Ministério da Saúde, Airton Soligo, disse que até junho o Brasil deverá ter 14 milhões de doses de vacina da Pfizer. A declaração foi dada hoje (8) no Palácio do Planalto, após uma videoconferência do presidente Jair Bolsonaro com representantes da farmacêutica.

Soligo afirmou que o acordo costurado pelo Brasil com a Pfizer previa inicialmente dois milhões de doses em maio e sete milhões em junho. Agora, a negociação avançou para a chegada de mais cinco milhões de doses, que seriam distribuídas nos dois meses.

De acordo com ele, a antecipação de 5 milhões pode sair do montante de 10 milhões previsto para agosto. O Brasil negocia com a Pfizer um total de 99 milhões de doses até o fim do ano. Soligo afirma que a intenção é tentar antecipar as entregas.

A entrevista também teve a presença do ministro da Economia, Paulo Guedes, que disse que Bolsonaro tratou de aceleração da negociações para dar "escala" à compra das vacinas.

Notícias relacionadas