Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Saúde

Anvisa determina monitoramento sobre estoque de oxigênio medicinal

Fabricantes e distribuidores precisarão informar estoque semanalmente

[Anvisa determina monitoramento sobre estoque de oxigênio medicinal]
Foto : Márcio James/Amazônia Real

Por Gabriel Amorim no dia 14 de Março de 2021 ⋅ 14:30

Uma nova medida fará parte da rotina de fabricantes, envasadoras e distribuidoras de oxigênio medicinal. Por determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) as empresas devem informar, semanalmente, sobre a capacidade de fabricação, envase e distribuição, além dos estoques disponíveis do produto.

A nova exigência foi publicada ontem (13) através de edital na edição extra do Diário Oficial da União. As empresas que fazem parte do processo de fornecimento de oxigênio medicinal terão ainda a obrigação de informar à agência sobre a quantidade demandada pelo setor público e privado.

"A medida visa monitorar o abastecimento de mercado e a quantidade demandada de oxigênio medicinal, com o intuito de minimizar o risco de desabastecimento do produto. Dessa forma, o Ministério da Saúde poderá ter previsibilidade sobre o abastecimento de mercado, permitindo a adoção, em tempo hábil, das medidas necessárias à garantia de fornecimento do oxigênio medicinal", explica a Anvisa.
 

Notícias relacionadas