Terça-feira, 17 de maio de 2022

Saúde

Área técnica da Anvisa recomenda o uso da Coronavac em crianças de 6 a 17 anos

O pedido original do Butantan previa que o imunizante poderia ser usada em crianças a partir dos 3 anos de idade

Área técnica da Anvisa recomenda o uso da Coronavac em crianças de 6 a 17 anos

Foto: Divulgação Sesab

Por: Metro1 no dia 20 de janeiro de 2022 às 12:13

A área técnica da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou, nesta quinta-feira (20), que o uso da Coronavac seja feito em crianças de 6 a 17 anos. O pedido original do Butantan previa que o imunizante poderia ser usada em crianças a partir dos 3 anos de idade. 

Outra recomendação da agência foi de que a vacina não seja aplicada em crianças imunocomprometidas. 

Com relação à posologia aplicada, seria a mesma dosagem que os adultos recebem e no mesmo período de tempo, com intervalo entre 2 a 4 semanas entre a primeira dose e a segunda. A versão pediátrica da vacina da Pfizer funciona de maneira diferente, com uma posologia menor. 

A aprovação ou não do imunizante para crianças depende da votação da Diretoria Colegiada do órgão, que ainda está em andamento.

Em Salvador, o prefeito Bruno Reis e o secretário municipal de Saúde Leo Prates já deram declarações em que afirmam que, caso aprovada, a Coronavac será a escolha principal para vacinação de crianças contra a Covid-19. Nesta sexta, inclusive, o prefeito voltou a torcer pela aprovação do imunizante. 

Área técnica da Anvisa recomenda o uso da Coronavac em crianças de 6 a 17 anos - Metro 1