Saúde

Movimento antivacinação é um dos dez maiores riscos à saúde, diz OMS

A lista inclui vírus mortais como ebola, HIV, dengue e influenza

[Movimento antivacinação é um dos dez maiores riscos à saúde, diz OMS]
Foto : Daiane Mendonça/Secom

Por Lara Ferreira no dia 30 de Janeiro de 2019 ⋅ 22:00

A Organização Mundial da Saúde (OMS) incluiu o movimento antivacinação em seu relatório sobre os dez maiores riscos à saúde global para este ano.

No documento publicado, a OMS traz a justificativa de que a “hesitação em se vacinar ameaça reverter o progresso feito no combate às doenças evitáveis por meio da própria vacinação”.

Na lista, aparecem também grandes problemas mundiais da saúde, como os vírus mortais do ebola, HIV, dengue e influenza.

Notícias relacionadas