METROPOLE

Terça-feira, 18 de maio de 2021

Saúde

Tratamento de AME deve estar disponível no SUS em 180 dias

Spinraza estará disponível em centros especializados do SUS

Tratamento de AME deve estar disponível no SUS em 180 dias

Foto: Divulgação

Por: Catarina Lopes no dia 24 de abril de 2019 às 15:40

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, assinou hoje (24) uma portaria de incorporação do medicamento nusinersena (Spinraza) na Relação Nacional de Medicamentos Essenciais do Sistema Único de Saúde (SUS). O tratamento é o único insumo recomendado para pacientes com atrofia muscular espinhal (AME), e consiste na administração de seis frascos no primeiro ano, e três frascos a partir do segundo. A previsão da pasta é que o tratamento, destinado a pacientes com AME tipo 1, esteja disponível em centros especializados do SUS em até 180 dias.

A AME é uma doença genética degenerativa sem cura que interfere na capacidade do corpo de produzir uma proteína responsável pela sobrevivência dos neurônios motores. Sem ela, esses neurônios morrem e o paciente vai perdendo controle e força muscular, ficando incapaz de se mover, engolir ou respirar. A eficácia do tratamento na interrupção da evolução da doença para quadros mais graves é apontada por estudos.

O Ministério da Saúde iniciou o processo de compra do Spinraza para atender 13 ações judiciais em dezembro de 2017. Na época, o preço do medicamento era de R$ 420 mil por ampola. Com a regularização, será possível para o Ministério comprá-lo por, no máximo, R$ 209 mil por ampola, uma redução de 50%.

TV METRO

Entrevistas

Ceuci Nunes

Em 17 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Tratamento de AME deve estar disponível no SUS em 180 dias - Metro 1