Saúde

Salvador registra nove mortes por H1N1

Nona vítima tinha 69 anos e morava no bairro de Brotas

[Salvador registra nove mortes por H1N1]
Foto : Paulo Almeida/ Ascom SMS

Por Juliana Almirante no dia 24 de Maio de 2019 ⋅ 11:43

Foi confirmada mais uma morte causada por complicações relativas à gripe em Salvador na manhã de hoje (24).

A vítima foi um idoso de 69 anos, morador do bairro de Brotas. De acordo com a Secretaria de Saúde de Salvador (SMS), o homem que fazia parte do grupo de risco não chegou a ser vacinado.

Com o episódio, subiu para nove o número de mortes por influenza registradas na cidade neste ano. Sete delas ocorreram apenas no mês de maio.

Com apenas uma semana para o término da campanha de vacinação contra a gripe, que acaba em 31 de maio, cerca de 150 mil pessoas que compõem o público-alvo ainda precisam se imunizar contra a doença na cidade.

Apenas 517 mil indivíduos que fazem parte da população elegível receberam a dose da vacina na capital baiana, número que corresponde a 73% de cobertura. A meta da gestão é imunizar pelo menos 90% do público, conforme preconiza o Ministério da Saúde. 

Até o dia 31, devem se dirigir a uma das salas de vacinas espalhadas pela cidade crianças de seis meses a menores de seis anos, idosos a partir de 60 anos, gestantes, mulheres que tiveram filho nos últimos 45 dias, trabalhadores da saúde, portadores de doenças crônicas, professores e militares.

Notícias relacionadas