Saúde

Grupo marca protesto contra possível fechamento do Hospital Juliano Moreira; Sesab nega

Ato pretende chamar atenção para a importância social da unidade de saúde

[Grupo marca protesto contra possível fechamento do Hospital Juliano Moreira; Sesab nega]
Foto : Secom/ Governo da Bahia

Por Juliana Almirante no dia 04 de Outubro de 2019 ⋅ 13:20

Um grupo de familiares de pacientes e da comunidade de Narandiba organiza um protesto para a próxima terça-feira (8) contra o possível fechamento do Hospital Juliano Moreira.

Em nota ao Metro1, no entanto, a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) informou que "não procede a informação de fechamento da unidade".

Representante do grupo, Solange Oliveira Santana diz que a manifestação pretende chamar atenção para a importância social da unidade de saúde.

O possível encerramento do Juliano Moreira pode ocorrer devido ao Plano de Desinstitucionalização estadual, de 13 de agosto deste ano, que prevê o fechamento progressivo dos hospitais psiquiátricos.

Solange afirma que não existe rede na capital baiana capaz de substituir o trabalho feito na unidade médica, que, no ano passado, atendeu cerca de cinco mil pacientes no setor de emergência. A unidade ainda oferece internação, distribuição de medicamentos de alto custo, consultório odontológico e ambulatório adulto e infantil.

"Não existe rede que abrigue. Os CAPs e residências terapêuticas foram criados para fortalecer e não substituir os hospital. Os casos agudos necessitam de internação", afirma. 

Notícias relacionadas