Saúde

Roberto Badaró reforça necessidade de uso de máscaras e esclarece uso de luvas

O mais recomendado para a população em geral é o uso de medidas de higienização das mãos.

[Roberto Badaró reforça necessidade de uso de máscaras e esclarece uso de luvas]
Foto : Matheus Simoni/ Metropress

Por Juliana Almirante no dia 06 de Abril de 2020 ⋅ 08:45

O médico infectologista Roberto Badaró reforçou a necessidade de uso de máscaras por toda a população em entrevista à Rádio Metrópole, na manhã de hoje (6). Ele defende que as pessoas em geral façam as próprias máscaras caseiras e deixem as especiais para uso dos profissionais de saúde, na “linha de frente” do combate ao coronavírus.

“A medida preventiva que tem dado eficácia em lugares frios onde ocorreu a pandemia é ficar em casa e usar barreira de proteção, que é a máscara, não tem outra”, declarou o infectologista. 

Ele destacou que o isolamento social deve ser intensificado nas próximas semanas, que devem ser as piores enfrentadas no Brasil em relação à doença.

Já sobre o uso de luvas, ele afirmou que os equipamentos são mais apropriados para profissionais de saúde, que são treinados para o uso. O mais recomendado para a população em geral é o uso de medidas de higienização das mãos.

“As luvas são fundamentalmente para trabalhadores da área da saúde. Mas para as pessoas que têm contato frequente e não podem estar lavando a mão ou usando álcool em gel, a luva ajuda, desde que faça a troca a cada 4 horas. É muito difícil colocar álcool em gel na luva. É complexo. A luva é feita para as pessoas da área da saúde que sabem como usá-la, tem a periodicidade de troca. O que dá certo com as mãos é usar álcool em gel”, alerta.

Notícias relacionadas