Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Saúde

Vacina para covid-19 'não será cara', diz professor da Universidade de Oxford 

Adrian Hill desenvolve pesquisa para vacina da Covid-19, que já começou testes em humanos 

[Vacina para covid-19 'não será cara', diz professor da Universidade de Oxford ]
Foto : Javier Zayas Photography/Getty Images

Por Marcela Villar no dia 16 de Maio de 2020 ⋅ 17:00

A vacina para o novo coronavírus, se bem-sucedida, poderá ser produzida em larga escala e a um preço considerado acessível. É o que afirma o pesquisador Adrian Hill, diretor do Jenner Institute, da Universidade de Oxford, no Reino Unido, que estuda o desenvolvimento da vacina. 

"Não será uma vacina cara", disse Hill. "Será uma vacina de dose única. Será fabricada para suprimento global e em muitos locais diferentes. Esse sempre foi o nosso plano". A vacina experimental, conhecida como ChAdOx1 nCoV-19, é uma das primeiras na corrida global para fornecer proteção contra o novo coronavírus, que já contaminou mais 4,5 milhões de pessoas no mundo.

Dados preliminares de um estudo da vacina experimental em seis macacos indicam que alguns dos animais que receberam uma única injeção desenvolveram anticorpos contra o vírus em 14 dias, e todos desenvolveram anticorpos protetores em 28 dias. A equipe de Hill começou os testes em humanos em abril e os resultados de sua eficácia podem aparecer em julho ou agosto, estima o pesquisador. 

Notícias relacionadas