Saúde

Coronavírus: Ministério da Saúde explica que divulgou números errados de Roraima e do Ceará

Ontem (7), o primeiro balanço apontava para 1.382 mortes nas últimas 24 horas. O segundo, no entanto, informava 525 óbitos

[Coronavírus: Ministério da Saúde explica que divulgou números errados de Roraima e do Ceará]
Foto : Valter Pontes/Secom

Por Kamille Martinho no dia 08 de Junho de 2020 ⋅ 14:00

O Ministério da Saúde informou hoje (8) que a divulgação de números diferentes referentes às mortes e aos casos confirmados de Covid-19 ocorreu devido a um erro na contabilização das mortes de Roraima e nos casos do Ceará.

Ontem (7), o primeiro balanço apontava para 1.382 mortes nas últimas 24 horas. O segundo, no entanto, divulgado no painel oficial do ministério que acompanha a evolução da doença, informava 525 óbitos, somando 36.455 mortes desde o início da pandemia no Brasil. A diferença entre os dois era de 857 pessoas.

Segundo o G1, o ministério disse que, em relação às mortes, inicialmente apresentou um número errado do estado de Rondônia: a soma inicial apontava 762 óbitos, sendo que o correto seriam 139. Já em relação aos casos, o primeiro balanço indicava 12.581 casos. O painel oficial do ministério, no entanto, apontava para 18.912 casos a mais da doença. A pasta explicou que também ocorreu um engano com relação aos registros do Ceará.

"O Ministério da Saúde informa que corrigiu duplicações e atualizou os dados divulgados sobre casos e óbitos por COVID-19 no último domingo (7), às 20h37. Em especial, podem ser citadas a situação de Roraima, em que haviam sido publicados 762 óbitos e, após verificação do Ministério da Saúde, o número foi consolidado em 142. Outra situação corrigida foi em relação ao número de casos confirmados no Ceará, que passou de 62.303 para 64.271 após atualização", diz trecho da nota.

O documento finaliza afirmando que "deve ser considerado 18.912 casos e 525 óbitos novos. O total de casos no país é de 691.758 e de óbitos 36.455 ao longo da pandemia".

Notícias relacionadas