Saúde

Badaró volta a criticar regulação e pede mudança de comportamento da população 

“Os casos aumentam, cada dia mais difícil. Estamos tendo dificuldade com regulação"

[Badaró volta a criticar regulação e pede mudança de comportamento da população ]
Foto : Reprodução / Youtube

Por Alexandre Galvão no dia 10 de Junho de 2020 ⋅ 08:45

Médico infectologista, Roberto Badaró pediu que a população se readeque à vida nesse momento de retomada das atividades em meio à pandemia do novo coronavírus. 

“A reabertura já está sendo implantada. As pessoas começaram a entender que o século XX acabou e estamos no século XXI, e o choque causado pela pandemia, que tem que mudar o comportamento. […] Reabrir o mundo como está sendo feito, exige que todos nós trabalhemos em conjunto com redução de exposição à Covid. Incluindo o isolamento e acompanhamento das pessoas que podem estar infectadas. Esse plano não é um plano anárquico, deve fazer parte de um plano maior e se concentrar na limpeza desinfecção dos espaços públicos que tem que ser aplicado em sua casa, para fazer isso, temos que ter um plano que tem três pilares, desenvolver o seu plano, a implementação é dolorosa e tem que ser revisado continuamente. Reduzir o risco de exposição é uma parte fundamental para a reabertura dos espaços públicos”, aconselhou, em entrevista a Mário Kertész, na Rádio Metrópole

Badaró voltou a criticar a regulação de pacientes com coronavírus. De acordo com ele, o sistema faz com que muitos pacientes morram. “Os casos aumentam, cada dia mais difícil. Estamos tendo dificuldade com regulação. É preciso que a regulação precisa se renovar também, não pode ser da mesma maneira. Está contribuindo para que várias pessoas morram, estão esperando demais. Apesar de todo esforço do governo, da prefeitura, não mudamos a maneira de encaminhar os doentes. Isso é uma coisa ruim. Não está faltando leito, UTI, o que está faltando é uma regulação adequada”, criticou.

Notícias relacionadas