Saúde

Modelo usado pela Casa Branca diz que Brasil pode se tornar país com mais mortos por Covid-19 em julho

Se projeção se cumprir, no dia 29 de julho, o Brasil terá 137,5 mil mortos o que representaria recorde mundial de total de mortos pela doença

[Modelo usado pela Casa Branca diz que Brasil pode se tornar país com mais mortos por Covid-19 em julho]
Foto : Leonardo Souza /PMF

Por Luciana Freire no dia 11 de Junho de 2020 ⋅ 13:20

O Instituto de Métricas e Avaliação da Saúde (IHME) da Universidade de Washington, um dos principais modelos matemáticos usados pela Casa Branca, nos Estados Unidos, diz que o Brasil pode superar os Estados Unidos em número de mortes de Covid-19 no dia 29 de julho. A informação foi divulgada pela BBC News.

Se projeção se cumprir, neste dia o Brasil teria 137,5 mil mortos o que representaria recorde mundial de total de mortos por covid-19 e de número de mortes em um dia.

A tendência atual é de aceleração da pandemia, ou seja, o Brasil ainda não atingiu o pico de casos, algo que, segundo pesquisadores, deve ocorrer em meados de agosto.

O pesquisador Theo Vos, professor de ciências de métricas de saúde do IHME, explica que "quanto mais distantes no tempo as projeções são, mais incerteza haverá, tendo em vista a dinâmica da doença e a capacidade que as medidas de contenção adotadas terão para afetar o curso da Covid-19".

Notícias relacionadas