Saúde

Superlaboratório faz primeiras imagens do coronavírus e reforça ciência no combate à doença

Experimento pode ajudar na busca ou melhoramento de remédios para combater a Covid-19

[Superlaboratório faz primeiras imagens do coronavírus e reforça ciência no combate à doença]
Foto : Sirius/CNPEM/Divulgação

Por Metro1 no dia 12 de Julho de 2020 ⋅ 13:30

O Sirius, superlaboratório de luz síncrotron de 4ª geração instalado em Campinas (SP), realizou os primeiros experimentos ao obter imagens em 3D de estruturas de uma proteína imprescindível para o ciclo de vida do novo coronavírus. Esses detalhes podem ajudar os cientistas a compreender como o vírus se comporta dentro das células, além de auxiliar na busca ou melhoramento de remédios para combater a Covid-19. A informação é do G1.

A análise de uma proteína já conhecida serviu para validar e habilitar o funcionamento do acelerador de elétrons criado para analisar diferentes materiais em escalas de átomos e moléculas.

Com isso, o Centro Nacional de Pesquisa em Energias e Materiais (CNPEM), que abriga o Sirius, deve receber, a partir da próxima semana, propostas de cientistas interessados em usar a estrutura para avançar nos estudos para enfrentamento da doença.

Notícias relacionadas