Vida Alheia

Carlinhos Maia rebate críticas ao ser chamado de homofóbico: 'Eu vou casar com outro homem. Ache ruim quem quiser'

O humorista recusou o rótulo de "casamento gay" para sua união com Lucas Guimarães. A cerimônia acontece em maio

[Carlinhos Maia rebate críticas ao ser chamado de homofóbico: 'Eu vou casar com outro homem. Ache ruim quem quiser']
Foto : Divulgação

Por Metro1 no dia 29 de Abril de 2019 ⋅ 12:10

O humorista Carlinhos Maia usou seu perfil no Instagram para rebater as críticas que recebeu após dizer que se recusava a ser chamado de “gay”, ao referir-se ao seu casamento com Lucas Guimarães. Ele argumenta que sua alegação foi apenas para evitar que rótulos reduzam a sua união, e que busca, ao contrário, equivalência com os relacionamentos hétero. 

“Deixa eu explicar mais uma vez. Preguiça, mas vamos lá: Quando eu digo que é união de Carlinhos e Lucas, significa que estamos querendo apenas ser chamado pelos nomes. Porque todos já entendem que são dois homens casando! Precisa mesmo ficar rotulando o tempo todo? Quando os héteros vão casar, a gente diz, ‘olha, casamento hétero?’ Não. Entendam de uma vez por todas, a guerra de vocês não é comigo. Estou apenas buscando igualdade. Se vocês querem rótulos, problema de cada um, eu quero ser chamado pelo meu nome. E aos que dizem que tenho preconceito com gay (risos). Eu vou casar com outro homem. Ache ruim quem quiser, mas no convite está escrito: ‘Carlinhos e Lucas convidam’. Não: ‘Gay Lucas e gay Carlinhos convidam!’. Viva o amor!’, escreveu.

Em entrevista ao “TV Fama”, da RedeTV!, Carlinhos enfatizou que seu casamento será “a união de dois caras, e não um casamento gay”. A cerimônia acontecerá no dia 21 de maio.

Notícias relacionadas