Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Sábado, 13 de julho de 2024

Home

/

Artigos

/

Albreguinha iria viralizar ou ser cancelado mais rápido no auge do politicamente correto?

Albreguinha iria viralizar ou ser cancelado mais rápido no auge do politicamente correto?

O paradoxo é que ele era um misto de ancião velhinho com novinho putão

Albreguinha iria viralizar ou ser cancelado mais rápido no auge do politicamente correto?

Foto: Reprodução

Por: James Martins no dia 04 de julho de 2024 às 00:00

Todo ano, nos ultimamentes, logo após o 2 de Julho, lembro de Albergaria. Também, pudera, o velho doido morreu no dia 3 de julho de 2015. A verdade é que, apesar da aparência e de algo mais que aparência que o dava ares de idoso, Albrega nem sequer era velho: tinha 61 quando foi enterrado no Campo Santo numa semi-ensolarada manhã de domingo. Para o padrão atual, estava entrando na idade adulta. E o paradoxo é que ele era um misto de ancião velhinho com novinho putão, com sua camisas coloridas, seu bem humorado mau humor, sua perene atualização sobre os assuntos do cotidiano, sua coleção de dicionários e pombas-giras.

Sempre lembro de Albergaria e do quanto faz falta, nessa terra, gente com coragem para dizer as coisas sem fazer média com a maré bem pensante ou bem pagante. Poder-se-ia atribuir ao Manco da Ribeira (ou da rabeira), aquilo que dizem que Rogério Duarte (morto no ano seguinte) teria dito certa vez: "A Bahia anda tão ruim, que até eu se for embora faço falta". Fazem, ambos. E, pela atuação mais midiática, botando fogo nas segundas da Metropole, Albreguinha faz um pouco mais.

O conheci pessoalmente na redação da rádio. Logo, passou a me chamar de "Geme-Geme" e a me presentear com recortes de jornais diversos, geralmente sobre música, mas também sobre outros assuntos que julgava me interessar. Guardo alguns ainda hoje. Sua última mensagem no Facebook, feliz ou infelizmente, não respondi.

Com o rolo compressor do politicamente correto e das agendas identitárias ditando o que se pode e o que não pode ser dito, além de como se devem dizer todas as coisas, fico me perguntando se Albreguinha iria viralizar ou ser cancelado mais rapidamente. Ou as duas coisas. Resposta não tenho, mas creio que seria insalubre para uma figura pautada pela irreverência como ele ter que medir palavras como se fosse uma senhora pudica numa sub-missa das onze. Descanse em paz!

Artigos Relacionados