Sexta-feira, 18 de junho de 2021

Bahia

Secretário da saúde prevê “desastre epidemiológico” com festas clandestinas de São João

Fábio Vilas-Boas salienta que só a fiscalização não é suficiente, "é preciso que a consciência coletiva prevaleça"

Secretário da saúde prevê “desastre epidemiológico” com festas clandestinas de São João

Foto: Minsa/Peru

Por: Kamille Martinho no dia 18 de maio de 2021 às 11:53

Os meses de junho e julho na Bahia serão “extremamente difíceis” em decorrência da transmissão da Covid-19 nas festas clandestinas de São João, segundo previsão do secretário de saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas. Ele salienta que, caso aconteçam, os festejos ilegais vão "aumentar ainda mais a taxa de transmissão [do vírus] e já estamos em um patamar extremamente elevado".

"O governador Rui Costa já anunciou que vai proibir transporte de ônibus intermunicipal e vai colocar policias pra proibir as festas. Faremos o que for possível, mas não temos o dom de estar em todos os locais ao mesmo tempos. É preciso que a consciência coletiva prevaleça, senão teremos um desastre epidemiológico no meio do ano", alertou.

Na manhã desta terça-feira (18) o secretário de saúde de Salvador, Leo Prates, afirmou que os números de casos e mortes por Covid-19 na capital baiana estão "saindo do controle" e que o cenário é "extremamente preocupante".

Secretário da saúde prevê “desastre epidemiológico” com festas clandestinas de São João - Metro 1