Quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Bahia

Defensoria presta suporte à família cigana perseguida após homicídio de policiais em Vitória da Conquista

Cinco mulheres e sete crianças da família foram deslocadas para o município de Jequié

Defensoria presta suporte à família cigana perseguida após homicídio de policiais em Vitória da Conquista

Foto: Reprodução/Blog do Anderson

Por: Metro1 no dia 26 de julho de 2021 às 14:11

Uma família de ciganos de Vitória da Conquista, na região do Sudoeste, está sendo acompanhada pela Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE/BA) após a Instituição receber denúncias de perseguição de policias militares à comunidade local José Gonçalves, devido ao assassinato de dois PMs na região. 

Cinco mulheres e sete crianças da família foram deslocadas para o município de Jequié e a Defensoria busca a inserção delas em um programa de proteção a testemunhas.

O caso teve início em 13 de julho, quando houve um duplo homicídio praticado contra policiais e atribuído a uma família de ciganos que residia na localidade. Após isso, e com informações passadas por populares, PMs iniciaram perseguição aos supostos autores, conforme relatos que chegaram à Instituição. 

Ao todo, dez homens foram acusados de envolvimento: um pai – que deu entrada em hospital com ferimentos à bala e já teve a prisão preventiva decretada – e nove filhos. Três deles morreram em confrontos com policiais, em Vitória da Conquista e também em Itiruçu.
 

Defensoria presta suporte à família cigana perseguida após homicídio de policiais em Vitória da Conquista - Metro 1