Bahia

Com efetivo de 33 mil PMs, secretário cita déficit de 12 mil policiais: "Ideal seria 45 mil"

Apesar das últimas convocações de aprovados em concursos da Polícia Militar da Bahia, em conversa com José Eduardo, na Rádio Metrópole, nesta quinta-feira (5), o secretário de Segurança Pública do estado, Maurício Barbosa, afirmou que com o efetivo de cerca de 33 mil policiais, a PM baiana apresenta um déficit de aproximadamente 12 mil policiais [Leia mais...]

[Com efetivo de 33 mil PMs, secretário cita déficit de 12 mil policiais:
Foto : Tácio Moreira/Metropress

Por Bárbara Silveira e Matheus Morais no dia 05 de Outubro de 2017 ⋅ 08:34

Apesar das últimas convocações de aprovados em concursos da Polícia Militar da Bahia, em conversa com José Eduardo, na Rádio Metrópole, nesta quinta-feira (5), o secretário de Segurança Pública do estado, Maurício Barbosa, afirmou que com o efetivo de cerca de 33 mil policiais, a PM baiana apresenta um déficit de aproximadamente 12 mil policiais. Apesar dos esforços do governador Rui Costa (PT) para melhorar a segurança, segundo Barbosa, a questão previdenciária tem impedido o aumento do efetivo no estado.

"Nós tivemos o chamamento de mais de 17 mil policiais somados ao número dos policias da reserva. Estamos no limite para gasto com a folha de pagamento. Isso achata a possibilidade do estado de contratar. Ou se resolve essa questão previdenciária ou vamos ficar limitados para contratar. Na segurança pública nunca houve tantas contratações de policias, entrega de viaturas e entregas de unidades policiais. O governador Rui Costa faz um esforço muito grande. Por ano se aposentam mil policiais num efetivo de 33 mil policiais, o governador tem se empenhado muito. Se fosse possível, nós queríamos dobrar o número do nosso efetivo. Para mim o ideal seria 45 mil policiais no efetivo, seria o ideal, mas estamos tratando como nós podemos", explicou.

 

Notícias relacionadas