Bahia

Congresso da Ufba começa nesta segunda-feira e já tem 9 mil inscritos

O Congresso de Pesquisa Ensino e Extensão da Universidade Federal da Bahia (Ufba), que começa nesta segunda-feira (16) e vai até a quarta-feira (18), foi um dos assuntos discutidos pelo reitor da instituição, João Carlos Salles, pelo vice-reitor, Paulo Miguez, e pelo assessor especial do reitor e coordenador executivo do evento, Paulo Costa Lima. [Leia mais...]

[Congresso da Ufba começa nesta segunda-feira e já tem 9 mil inscritos ]
Foto : Tácio Moreira/ Metropress

Por Matheus Morais e Gabriel Nascimento no dia 16 de Outubro de 2017 ⋅ 08:49

O Congresso de Pesquisa Ensino e Extensão da Universidade Federal da Bahia (Ufba), que começa nesta segunda-feira (16) e vai até a quarta-feira (18), foi um dos assuntos discutidos pelo reitor da instituição, João Carlos Salles, pelo vice-reitor, Paulo Miguez, e pelo assessor especial do reitor e coordenador executivo do evento, Paulo Costa Lima, em entrevista à Rádio Metrópole, nesta segunda-feira (16). 

Segundo Salles, o evento reunirá reitores de universidades federais da Bahia e do Brasil. “Hoje começamos nosso Congresso. É um segundo, na verdade. É de pesquisa, ensino e extensão com vários complementos fundamentais. Temos nesse congresso, primeiro uma reunião com reitores das universidades federais, juntos vamos pensar na defesa da universidade pública. É o fio condutor do congresso. Nesse espaço teremos uma antecipação do fórum social mundial. Já teve no Pará, vai ter aqui, de 13 a 17 de março de 2018 e a Ufba vai acolher isso em seu espaço. Em tempo de eleição vai trazer uma pimentazinha para a nossa cidade”, ressaltou.

O evento começará às 15h na Reitoria da Ufba, no bairro do Canela. “As 18h teremos a inauguração do tesourômetro da ciência. Esse painel vai contar os cortes que a ciencia e tecnologia tem sofrido”, completou Salles.

Para o vice-reitor da instituição, Paulo Miguez, a Ufba é exemplar. “No congresso passado, a gente falava do plano de desenvolvimento institucional, não é apenas a gestão de uma reitoria e sim um conjunto de ações, começamos a discussão lá e nesse congresso debatemos a minuta do nosso plano, o futuro da Ufba nos próximos 5 anos. O congresso não deixa de ser um espaço de discussão”, disse Miguez.

“São mais de 300 intervenções artísticas. Mais de 2 mil trabalhos de estudantes, todos que recebem uma bolsa estarão no congresso dizendo a que veio. Junto a isso, a parte de interação de filarmônicas, microtrio. Representações ao ar livre. Estarão soltas por lá. Já são 9 mil inscritos e o número deve chegar a 12 mil”, completou Miguez.

Notícias relacionadas

[Embasa nega favorecimento de empresas em contratos ]
Bahia

Embasa nega favorecimento de empresas em contratos 

Por Metro1 no dia 18 de Outubro de 2019 ⋅ 07:58 em Bahia

“As dispensas de licitações são previstas legalmente para garantir a continuidade da prestação de serviços essenciais para população", diz a empresa