Bahia

Tragédia em Mar Grande: Defensoria pede inclusão da Agerba entre réus

A Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE/BA) pediu a inclusão da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia entre os réus do processo que investiga a tragédia ocorrida no ano passado em Mar Grande, que deixou 19 pessoas mortas em agosto. [Leia mais...]

[Tragédia em Mar Grande: Defensoria pede inclusão da Agerba entre réus]
Foto : Divulgação/DPE

Por Matheus Simoni no dia 29 de Março de 2018 ⋅ 13:57

A Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE/BA) pediu a inclusão da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia entre os réus do processo que investiga a tragédia ocorrida no ano passado em Mar Grande, que deixou 19 pessoas mortas em agosto.

Segundo a denúncia, houve falha na fiscalização do serviço pela Agerba. O anúncio da inclusão ocorreu ontem, durante reunião com sobreviventes e familiares das vítimas do naufrágio da lancha Cavalo Marinho I.

"A partir de abril, a comarca de Itaparica/Nazaré ganhará dois defensores públicos. São eles que estarão lado a lado com vocês atuando neste e em outros casos”, anunciou a coordenadora executiva das Defensorias Públicas Regionais, Soraia Ramos.

Entre os problemas apresentados pela DPE estão a inexistência de bens em nome da empresa proprietária da lancha Cavalo Marinho I e do seu sócio e as apresentações constantes de balancetes com saldos negativos.

Notícias relacionadas

[Incêndio atinge fábrica em Simões Filho]
Bahia

Incêndio atinge fábrica em Simões Filho

Por Juliana Almirante no dia 20 de Setembro de 2019 ⋅ 07:27 em Bahia

Fábrica é localizada na Rua Marechal Hermes da Fonseca, em frente a uma unidade dos Bombeiros.

[Catu: Câmara Municipal seleciona estagiários]
Bahia

Catu: Câmara Municipal seleciona estagiários

Por Metro1 no dia 18 de Setembro de 2019 ⋅ 16:39 em Bahia

“Com o estágio buscamos assegurar uma fonte de renda para garantir a permanência dos jovens nos estudos”, destacou o presidente da Câmara, Marcelo Calasans