Bahia

Após relatório do TCU, Seap contrata 300 tornozeleiras eletrônicas e monitoramento

A empresa contratada foi a SpaceComm Monitoramento S/A, que tem sede em Israel

[Após relatório do TCU, Seap contrata 300 tornozeleiras eletrônicas e monitoramento]
Foto : Divulgação

Por Alexandre Galvão no dia 17 de Maio de 2018 ⋅ 06:56

Após relatório do Tribunal de Contas da União (TCU), que apontava a falta de preparo do Estado para monitorar presos com tornozeleira eletrônica, a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização contratou uma empresa para o fornecimento do material.

De acordo com o contrato, o Estado vai pagar mais de R$ 376 mil por monitoramento eletrônico e georeferenciamento de presos provisórios, cumpridores de medidas cautelares diversas e população carcerária vulnerável, com fornecimento de 300 aparelhos.

A companhia contratada foi a SpaceComm Monitoramento S/A, que tem sede em Israel.

Notícias relacionadas

[Incêndio atinge fábrica em Simões Filho]
Bahia

Incêndio atinge fábrica em Simões Filho

Por Juliana Almirante no dia 20 de Setembro de 2019 ⋅ 07:27 em Bahia

Fábrica é localizada na Rua Marechal Hermes da Fonseca, em frente a uma unidade dos Bombeiros.