Bahia

TJ-BA ordena pagamentos de salários cortados a professores de universidades estaduais

O tribunal também determinou que o Planserv restabeleça a cobertura aos docentes, que teria sido interrompida juntamente com o corte de salários

[TJ-BA ordena pagamentos de salários cortados a professores de universidades estaduais]
Foto : Ascom / Aduneb

Por Daniel Brito no dia 06 de Maio de 2019 ⋅ 18:15

O desembargador Jatahy Júnior, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), concedeu hoje (6) medida liminar determinando que o governo do Estado pague, em um prazo de 72 horas, os salários dos professores das universidades estaduais referentes ao mês de abril e eventuais períodos subsequentes que tenham sido cortados em razão da greve.

De acordo com o site Bahia Notícias, a decisão ordena ainda que os valores devem ser corrigidos e atualizados. A categoria está em greve há um mês.  Fazem parte do movimento os professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) .

Ainda, o tribunal determinou que o Planserv restabeleça a cobertura aos docentes, que teria sido interrompida juntamente com o corte de salários.

 

Notícias relacionadas