Quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Brasil

Em meio à segunda onda de Covid-19, Enem 2020 é aplicado neste domingo; saiba mais

Uso de máscara é obrigatório para os estudantes; primeiro dia terá provas de linguagens e ciências humanas, além da redação

Em meio à segunda onda de Covid-19, Enem 2020 é aplicado neste domingo; saiba mais

Foto: Arquivo/Agência Brasil

Por: Juliana Rodrigues no dia 17 de janeiro de 2021 às 07:01

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 começa hoje (17) e será aplicado para 5,78 milhões de candidatos confirmados, em meio à alta no número de casos de coronavírus. Apenas o estado do Amazonas, que vive um colapso no sistema de saúde, não terá a aplicação da prova neste domingo. Os 160 mil candidatos amazonenses farão a prova em 23 e 24 de fevereiro.

Segundo o consórcio de veículos de imprensa, até as 20h de sexta (15), quinze estados registravam alta nas mortes: AL, AM, AP, CE, GO, MG, MT, PE, PI, PR, RJ, RR, SE, SP, e TO. Eles somam 3,6 milhões de inscritos no Enem 2020.

Considerado o maior vestibular do país, o Enem tem sido alvo de disputas judiciais devido à pandemia. A prova seria aplicada em novembro de 2020, mas foi adiada para janeiro deste ano, mesmo após enquete com participantes indicar o mês de maio de 2021 como a opção mais votada pelos estudantes. O governo alega que a prova em maio atrasaria o cronograma de outros programas de ingresso no ensino superior.

Neste ano, a abertura dos portões será meia hora mais cedo, às 11h30, para evitar aglomerações. O uso de máscara é obrigatório.
No primeiro dia de Enem, os estudantes farão as provas de linguagens e ciências humanas, além da redação. O tempo total de prova é de cinco horas e trinta minutos.

Leia mais:

Governo do Amazonas confima suspensão do Enem

Salvador reforça linhas de ônibus para dias do Enem; confira


Cronograma

  • 11h30: abertura dos portões (meia hora mais cedo neste ano para evitar aglomerações)
  • 13h: fechamento do portão
  • 13h30: começa a prova. Duração de 5h30 (este domingo) e 5 horas (dia 24)
  • 15h30: o aluno pode sair da prova, mas não pode levar o caderno de questões
  • 18h30 (este domingo) e 18h (dia 24): o aluno pode sair da prova com o caderno de questões
  • 19h (este domingo) e 18h30 (dia 24): fim da prova

Regras

  • A máscara é obrigatória. Recomenda-se levar duas, sendo uma para troca. A retirada só pode ser feita para a substituição ou alimentação, mas o candidato pode permanecer na sala. O estudante pode ser eliminado se não estiver com máscara
  • A prova só pode ser feita com caneta preta, esferográfica, fabricada em material transparente
  • O acesso ao local de prova só é feito com documento de identificação original e com foto: identidade, carteira de registro nacional migratório, carteira de trabalho, certificado de reservista, passaporte e carteira de motorista (CNH). Se o documento tiver sido roubado ou furtado, pode ser apresentado o boletim de ocorrência expedido há no máximo 90 dias. Vias digitais ou cópias autenticadas não serão aceitas.
  • A identificação será feita do lado de fora das salas, para evitar aglomeração
  • Telefones celulares e quaisquer equipamentos eletrônicos devem ser desligados e guardados em um envelope lacrado, que permanecerá debaixo da carteira. A lista inclui: calculadoras, agendas eletrônicas, tablets, ipods, gravadores, pen drive, relógio, chaves com alarme, fones de ouvido e gravadores.
  • Durante a aplicação do exame, se algum aparelho, mesmo que devidamente guardado, emitir som, o candidato será eliminado.
  • Lápis, caneta de material não transparente, lapiseira, borracha, régua, corretivo, livros, manuais e anotações são proibidos.
  • Qualquer dispositivo que receba imagens, vídeos ou mensagens é vetado.
  • Óculos escuros, bonés, chapéus, viseiras ou gorros não são permitidos.
Em meio à segunda onda de Covid-19, Enem 2020 é aplicado neste domingo; saiba mais - Metro 1