Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brasil

Lewandowski manda governo definir ordem de grupos prioritários para a vacina contra Covid-19

Divulgação da ordem deve ser feita em até cinco dias após o governo ser notificado

[Lewandowski manda governo definir ordem de grupos prioritários para a vacina contra Covid-19]
Foto : Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Por Juliana Rodrigues no dia 09 de Fevereiro de 2021 ⋅ 10:00

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski determinou ontem que o governo defina uma ordem de preferência, entre os grupos prioritários, para orientar a vacinação contra a Covid-19. De acordo com a decisão, a ordem deve seguir critérios científicos e a divulgação deve ser feita em até cinco dias após a notificação do governo.

O Plano Nacional de Vacinação, atualizado em janeiro, afirma 77,2 milhões de pessoas pertencem aos grupos prioritários, incluindo idosos e médicos que atuam na linha de frente do combate à pandemia. Porém, no entendimento de Lewandowski, não está claro qual desses grupos deveria ser atendido primeiro, em um cenário de escassez de vacinas.

O objetivo da decisão é que o governo organize essas populações em uma lista de preferência, utilizando como critério o grau de risco da Covid-19 para cada grupo.

Notícias relacionadas