Quarta-feira, 01 de dezembro de 2021

Brasil

Hospitais do Amazonas registram redução de 22% no consumo de oxigênio

Queda representa o início do equilíbrio na rede hospitalar

Hospitais do Amazonas registram redução de 22% no consumo de oxigênio

Foto: Pedro Guerreiro / Ag. Pará

Por: Adele Robichez no dia 07 de março de 2021 às 13:00

O consumo médio de oxigênio nos hospitais do Amazonas diminuiu 22% na primeira semana de março em relação a janeiro, pico da da pandemia do coronavírus no estado.

Segundo o Comitê Estadual de Enfrentamento da Covid-19, no mês de janeiro, o consumo da substância no Amazonas chegou a 83 mil m³ diário. Já, nesta semana, a média diária registrada foi de 64 mil m³ nas unidades de saúde das redes públicas e privadas.

O aumento ocorrido no início de 2021 se deu por conta da alta demanda de internações hospitalares de pacientes infectados com o coronavírus. A queda, agora, representa o início do equilíbrio na rede hospitalar.

Hospitais do Amazonas registram redução de 22% no consumo de oxigênio - Metro 1