Segunda-feira, 04 de julho de 2022

Brasil

MPF investiga PRF após extinção de Comissões de Direitos Humanos

A revogação foi feita no início deste mês e ganhou notoriedade após o assassinato de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos

MPF investiga PRF após extinção de Comissões de Direitos Humanos

Foto: Reprodução Redes Sociais

Por: Metro1 no dia 28 de maio de 2022 às 13:00

O Ministério Público Federal (MPF) abriu uma investigação contra a Polícia Rodoviária Federal (PRF) pela extinção das Comissões de Direitos Humanos da corporação. Segundo a Folha de S. Paulo, que obteve o despacho da ação, a procuradora Mariane Oliveira diz que a apuração deve identificar "eventuais retrocessos na tutela e proteção dos Direitos Humanos no âmbito daquela instituição". 

A investigação, feita pela Procuradoria da República em Goiás, foi aberta no dia 7 de maio, após o diretor da PRF, Silvinei Vasques, editar uma portaria revogando o funcionamento e as competências das Comissões de Direitos Humanos. 

A revogação foi feita no início deste mês e ganhou notoriedade após o assassinato de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos. Ele morreu asfixiado no porta-malas de uma viatura da PRF com uma bomba de gás lacrimogêneo. 
 

MPF investiga PRF após extinção de Comissões de Direitos Humanos - Metro 1