Faça parte do canal da Metropole no WhatsApp >>

Quinta-feira, 11 de julho de 2024

Home

/

Notícias

/

Brasil

/

Exército prende 17 militares por furto de metralhadoras em SP

Brasil

Exército prende 17 militares por furto de metralhadoras em SP

Punição domiciliar determina prisão entre 1 a 30 dias

Exército prende 17 militares por furto de metralhadoras em SP

Foto: Exército Brasileiro/Divulgação

Por: Metro1 no dia 26 de outubro de 2023 às 12:36

O Exército Brasileiro afirmou nesta quinta-feira (26) que 17 militares cumprem detenção como forma de punição disciplinar após o furto de 21 metralhadoras do Arsenal de Guerra de São Paulo. Segundo a corporação, o motivo é a “falha de conduta e/ou erro de procedimento nos processos de fiscalização e controle de armamento".

Os militares ficaram presos entre 1 a 30 dias. Essa forma de punição é prevista no Regulamento Disciplinar do Exército para transgressões médias e graves, que pode chegar ao licenciamento e expulsão.Os militares fazem parte do grupo de 20 militares que atualmente respondem por transgressão disciplinar.

As prisões começaram a ser cumpridas na quarta-feira (25) no Arsenal de Guerra. Apesar disso, o comandante terá que decidir se eles ficarão em celas ou se estarão proibidos de sair do quartel.  “O Comando Militar do Sudeste (CMSE) informa que 17 (dezessete) militares do Arsenal de Guerra de São Paulo (AGSP) cumprem punição disciplinar, sancionados à luz do Regulamento Disciplinar do Exército (RDE), por falha de conduta e/ou erro de procedimento nos processos de fiscalização e controle de armamento”, disse em nota.