Brasil

Após mentir sobre assalto, nadador paga R$35 mil para poder voltar aos EUA

O nadador estadunidense James Feigen teve que pagar uma multa de R$ 35 mil para poder reaver seu passaporte e sair do Brasil. A informação foi divulgada pela Polícia Civil nesta sexta-feira (19). A quantia foi destinada a uma instituição assistencial.[Leia mais...]

[Imagem not found]
Foto : Reprodução/BBC

Por Laura Lorenzo no dia 19 de Agosto de 2016 ⋅ 15:34

O nadador estadunidense James Feigen teve que pagar uma multa de R$ 35 mil para poder reaver seu passaporte e sair do Brasil. A informação foi divulgada pela Polícia Civil nesta sexta-feira (19). A quantia foi destinada a uma instituição assistencial.

Reigen e Ryan Lochte, seu colega na delegação americana, foram indiciados por falsa comunicação de crime. Os atletas afirmaram que foram assaltados ao sair de uma festa do dia 14 de agosto. Contudo, ao investigar o caso, a polícia descobriu que eles se envolveram em uma confusão após terem causado um prejuízo a um posto de gasolina, na Barra da Tijuca, onde quebraram  a porta de um banheiro. Outros dois atletas, também da equipe norte-americana de natação, estavam envolvidos. Gunnar Bentz e Jack Conger deixaram o Brasil na noite desta quinta-feira (18). Eles foram vaiados ao sair da Delegacia de Atendimento ao Turista (Deat), na Zona Sul do Rio.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o titular da Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (Deat) Clemente Braune informou que Lochte e Feigen foram identificados como autores do crime de comunicação falsa.

Notícias relacionadas