METROPOLE

Quinta-feira, 13 de maio de 2021

Brasil

Wagner Moura sobre impeachment: "Manobra de interesses escrotos"

Um dos atores mais politizados do país, o baiano Wagner Moura comentou o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff em uma entrevista à revista "QG". [Leia mais...]

Wagner Moura sobre impeachment: "Manobra de interesses escrotos"

Foto: Divulgação/ PT

Por: Matheus Morais no dia 02 de setembro de 2016 às 12:19

Um dos atores mais politizados do país, o baiano Wagner Moura comentou o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff em uma entrevista à revista "QG". Ele estreia nesta sexta-feira (2) a segunda temporada da série Narcos. “Normalmente, a inteligência mora no espaço do meio. Mas acho que o impeachment foi uma manobra de interesses escrotos com os mesmos atores de 1964, com exceção dos militares. Quando a bonança deixou de favorecer a esse segmento da elite, aplica-se a velha solução latino-americana: tirar e colocar quem eles querem. Isso é golpe. E não posso compactuar”, disse. Na oportunidade, Moura disse ainda que não é nem "petralha nem coxinha".

O ator parou de fumar e comer carne, além de derivados do leite, para perder os 20 kg que ganhou para interpretar Pablo Escobar em Narcos. 

TV METRO

Comentários

Luiz Felipe Pondé

Em 12 de maio de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Wagner Moura sobre impeachment: "Manobra de interesses escrotos" - Metro 1