Brasil

TSE manda investigar vazamento de delações da Odebrecht

Foi determinada na sexta-feira (24), pelopresidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, a abertura de uma sindicância para apurar o vazamento de depoimentos sigilosos de executivos da empreiteira Odebrecht, nos quais são relatados supostos repasses ilegais à campanha da chapa Dilma-Temer nas eleições de 2014. [Leia mais...]

[TSE manda investigar vazamento de delações da Odebrecht]
Foto : Agência Brasil

Por Matheus Morais no dia 25 de Março de 2017 ⋅ 10:54

Foi determinada na sexta-feira (24), pelo  presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, a abertura de uma sindicância para apurar o vazamento de depoimentos sigilosos de executivos da empreiteira Odebrecht, nos quais são relatados supostos repasses ilegais à campanha da chapa Dilma-Temer nas eleições de 2014.

A apuração da presidência acontecerá em coordenação com outra investigação da corregedoria do TSE, aberta ontem (23) pelo ministro Herman Benjamin, relator do processo.

Gilmar Mendes criticou o vazamento dos depoimentos em um evento, em Brasília. “Deploro vivamente, seriamente, e exijo que façamos a investigação desse vazamento agora lamentavelmente ocorrido. Acho que isso fala mal das instituições. É como se o Brasil fosse o país de trambiques, de infrações. Assim como nós não podemos praticar vazamentos aqui, ninguém pode fazê-lo, nem procuradores, nem juízes, nem ninguém", disse Mendes.

Notícias relacionadas