Domingo, 13 de junho de 2021

Brasil

Padre é condenado a 10 anos de prisão por roubar dinheiro de igreja

O padre Sércio Catafesta foi condenado a 10 anos e dois meses de prisão em regime fechado por furto qualificado do dinheiro de uma igreja. [Leia mais...]

Padre é condenado a 10 anos de prisão por roubar dinheiro de igreja

Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Por: Luiza Leão no dia 13 de outubro de 2017 às 19:20

O padre Sércio Catafesta foi condenado a 10 anos e dois meses de prisão em regime fechado por furto qualificado do dinheiro de uma igreja. Além dele, outras três pessoas, que vão poder recorrer em liberdade, foram condenadas. O caso ocorreu na Mitra Diocesasa em Guarapuava, na região central do Paraná.

A pena dos outros condenados varia de dois anos e quatro meses a três anos e quatro meses de regime aberto. Entretanto, a juíza substituiu por prestação de serviço à comunidade.

Na sentença, publicada na última quarta-feira (11), a juíza Paola Gonçalves estipulou pagamento de multas que totalizam R$ 66.200,00.

O Ministério Público do Paraná (MP-PR), responsável pelas investigações na Operação Sacrilégio, afirma que o grupo se apropriou de recursos do setor de obras da Mitra Diocesana, apresentando notas frias e superfaturadas na prestação de contas. Era o padre responsável pelas finanças da igreja. Ele teria contratado três pessoas pagando valores superfaturados pelos serviços de reforma na casa de formação de líderes em Guarapuava.

TV METRO

Entrevistas

Ana Cristina Batalha

Em 11 de junho de 2021
ASSINE O CANALMETROPOLE NO YOUTUBE
Padre é condenado a 10 anos de prisão por roubar dinheiro de igreja - Metro 1