Brasil

Candidatos que fraudaram Enem em 2016 serão eliminados

Os candidatos que fraudaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2016 vão ser eliminados da edição deste ano. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação do Enem, providências serão tomadas para responsabilizar os autores das fraudes. [Leia mais...]

[Candidatos que fraudaram Enem em 2016 serão eliminados]
Foto :Tomaz Silva / Agência Brasil

Por Luiza Leão no dia 30 de Outubro de 2017 ⋅ 14:40

Os candidatos que fraudaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2016 vão ser eliminados da edição deste ano. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação do Enem, providências serão tomadas para responsabilizar os autores das fraudes. A decisão foi divulgada nesta segunda-feira (30), mesmo dia em que a Polícia Civil do Distrito Federal deflagrou uma operação para desarticular uma organização criminosa que fraudava concursos públicos no Distrito Federal e em Goiás, entre eles o Enem.

"A partir das informações obtidas e do que for constatado, o Inep tomará as providências cabíveis, delimitando as responsabilidades, eliminando eventuais beneficiários de esquemas de fraudes na edição de 2016", divulgou o Inep, através de nota.

O Instituto destacou ainda que as medidas de segurança para a prova deste ano foram reforçadas. Entre elas está o uso de detectores de ponto eletrônico. Além de itens já utilizados em 2016 como: a identificação biométrica, o detector de metal nas portas dos banheiros e escoltas para entrega das provas, inclusive, no retorno. As provas serão personalizadas, com identificação do nome e número de inscrição do participante.

Notícias relacionadas