Brasil

Igreja Católica alemã pede perdão a vítimas de pedofilia

Ao menos 3.677 crianças e adolescentes foram vítimas de abusos sexuais pelo membros do clero

[Igreja Católica alemã pede perdão a vítimas de pedofilia]
Foto : Reprodução/Arquivo/Getty Images

Por Marina Hortélio no dia 25 de Setembro de 2018 ⋅ 16:20

Após revelar que ao menos 3.677 crianças e adolescentes foram vítimas de abusos sexuais pelo membros do clero, a Igreja Católica alemã se desculpou oficialmente hoje (25) pelos crimes ocorridos entre 1946 e 2014, que envolvem 1.670 clérigos.

O documento de 356 páginas aponta que a maioria das vítimas era meninos menores de 13 anos. O presidente da Conferência Episcopal Alemã, Reinhard Marx, afirmou que a Santa Sé esteve "durante muito tempo olhando para o lado, dissimulando, negando" os casos.

A ministra da Justiça do país, Katarina Barley, exigiu que o Vaticano denuncie os abusos e colabore com as autoridades judiciais. Ao jornal Der Spiegel, ela disse acreditar que os casos são "provavelmente a ponta do iceberg", já que o documento foi feito a partir de apenas 3,8 mil expedientes e manuscritos selecionados e enviados pela própria Igreja. O grupo ainda não teve acesso a arquivos de 27 dioceses alemãs.

Notícias relacionadas