Brasil

Justiça autoriza família de Carlos Ghosn a recuperar bens no Rio

Pertences do empresário estão em apartamento comprado pela Nissan; montadora tentou impedir que familiares tivessem acesso ao imóvel

[Justiça autoriza família de Carlos Ghosn a recuperar bens no Rio]
Foto : Norsk Elbilforening / Flickr

Por Juliana Rodrigues no dia 10 de Dezembro de 2018 ⋅ 11:00

A 52ª Vara Cível do Rio de Janeiro autorizou a família de Carlos Ghosn, ex-executivo da Nissan preso no Japão, a recuperar os bens que estão dentro de um apartamento localizado em Copacabana, na zona sul da capital fluminense. O apartamento é de propriedade da Nissan e era usado por Ghosn quando ele estava no Brasil.

De acordo com a família do empresário, a empresa trocou as fechaduras do apartamento e impediu que os parentes de Ghosn entrassem no local para recuperar seus pertences.

Embora a Nissan tenha chegado a entrar com uma ação para manter os bens do ex-executivo, no contexto da realização de uma auditoria interna sobre as acusações de sonegação fiscal e fraudes, a Justiça do Rio entendeu que a montadora japonesa comprou o apartamento para uso exclusivo de seu ex-executivo e nunca teve a posse efetiva do imóvel. Além disso, a empresa não poderia manter sob sua custódia os pertences de Ghosn. Assim, a decisão foi pela expedição de um mandado de reintegração de posse à família do empresário.

Notícias relacionadas

[Mega-Sena sorteia R$ 3 mi hoje]
Brasil

Mega-Sena sorteia R$ 3 mi hoje

Por Lara Curcino no dia 19 de Outubro de 2019 ⋅ 10:27 em Brasil

Concurso será às 20h; apostas podem ser feitas até 19h