Brasil

Jornalista da Globo é ameaçado por cobertura de carro fuzilado pelo Exército

Repórter recebeu mensagem que dizia que a família dele iria "pagar": "Aguarde cartas"

[Jornalista da Globo é ameaçado por cobertura de carro fuzilado pelo Exército]
Foto : Reprodução/TV Globo

Por Juliana Almirante no dia 08 de Abril de 2019 ⋅ 14:00

O repórter da TV Globo Carlos de Lannoy denunciou que recebeu uma ameaça por meio das redes sociais, após a cobertura do caso do músico que morreu com tiros disparados pelo Exército contra o carro em que ele estava com a família.     

No Twitter, Carlos relatou que as ameaças foram recebidas no seu perfil no Instagram, após a reportagem ser exibida no "Fantástico" ontem.

Na mensagem divulgada pelo jornalista, o perfil de um homem diz: "mexeu com o Exército, assinou sua sentença. Sua família vai pagar. Aguarde cartas". O repórter respondeu à ameaça dizendo que "não ficará assim".

Notícias relacionadas