Brasil

Militares presos por fuzilar carro e matar músico serão ouvidos hoje

Segundo o Comando Militar do Leste, a audiência está marcada para as 14h

[Militares presos por fuzilar carro e matar músico serão ouvidos hoje]
Foto : Reprodução / Facebook

Por Juliana Rodrigues no dia 10 de Abril de 2019 ⋅ 11:18

Os dez militares do Exército presos em flagrante por disparar oitenta tiros contra um carro, matar o músico Evaldo dos Santos Rosa, 51 anos, e ferir duas pessoas em Guadalupe, na zona oeste do Rio de Janeiro, serão ouvidos hoje (10) pela Justiça Militar. Segundo o Comando Militar do Leste, a audiência está marcada para as 14h.

A 1ª Circunscrição Judiciária Militar ficará responsável pela audiência, que decidirá se os militares seguirão presos ou poderão responder ao inquérito militar em liberdade.

Na tarde do último domingo (7), uma guarnição do Exército disparou 80 vezes contra o carro onde estavam Evaldo, que morreu na hora, e sua família. A ação deixou feridos o sogro de Evaldo, Sérgio Araújo, e um pedestre, que tentou ajudar a família durante a ação. Na ocasião, a Polícia Civil chegou a afirmar que "tudo indica" que o veículo foi confundido com um que era usado por criminosos.

Notícias relacionadas