Brasil

Barragem em Barão de Cocais pode se romper a partir de domingo

À Vale, o Ministério Público de Minas Gerais recomendou que seja tomada uma série de medidas para alertar a população sobre os riscos

[Barragem em Barão de Cocais pode se romper a partir de domingo]
Foto : Reprodução/TV Globo

Por Juliana Rodrigues no dia 17 de Maio de 2019 ⋅ 09:40

O Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG) recomendou à mineradora Vale que a empresa adote "imediatamente" uma série de medidas para alertar a população de Barão de Cocais (MG) sobre os riscos de rompimento da barragem de mineração Sul Superior, da Mina de Gongo Soco. Segundo a Vale, uma deformação poderá fazer com que a estrutura se rompa entre este domingo (19) e o próximo sábado (25). A barragem entrou em alerta máximo no último mês de março.

Em nota divulgada ontem (16), o MPMG afirma que a Vale deve comunicar "por meio de carros de som, jornais e rádios, informações claras, completas e verídicas" sobre a condição estrutural da barragem. O Ministério Público quer que moradores e pessoas que estejam transitoriamente na cidade, no sudeste de Minas Gerais, saibam dos "potenciais danos e impactos de eventual rompimento".

Além disso, a empresa deve fornecer "total apoio logístico, psicológico, médico, bem como insumos, alimentação, medicação, transporte e tudo que for necessário" às pessoas eventualmente atingidas.

Segundo a Vale, não há elementos técnicos para afirmar que o rompimento realmente acontecerá, mas um simulado de evacuação será realizado amanhã (18), em Barão de Cocais, às 15h.

Notícias relacionadas